Seguidores da Ocupação

segunda-feira, 3 de maio de 2010

PROGRAME-SE: Calendário do 1º Semestre de 2010

MAIO:


· 07: Propomos nesta data uma referência sobre o dia do trabalhador e a sua situação, fazendo um paralelo com o 13 de Maio; data em que a princesa Isabel assinou a abolição da escravatura. A proposta então é provocar essa reflexão entre os “novos escravos”. Aproveitando, dia 13 é também aniversário do escritor negro Lima Barreto (1881) e no dia 14, foram fuzilados no Campo da Pólvora, em Salvador, os líderes da Revolta dos Malês, acontecida em 1835. Dia 08 de Maio é também dia do artista plástico.


· 20: Em 1936, nascia na cidade de Jequié-Bahia, o escritor e cineasta Araken Vaz Galvão. Depois de ter participado da Guerrilha do Caparaó e morado em diversos países da América Latina, Araken Galvão chega à Valença em 1992, cidade que escolheu para “viver e morrer”, segundo suas próprias palavras. Autor de “Valença – memória de uma cidade”, “Crônicas de uma Família Sertaneja”, “Pargo e outras histórias”, entre outros inúmeros contos, artigos e ensaios publicados em antologias, coletâneas, revistas e jornais. Galvão, como gosta de ser chamado, é membro fundador e presidente em exercício da AVELA (Academia Valenciana de Educadores, Letras e Artes), membro fundador da cadeira número 5 da ALER (Academia de Letras do Recôncavo) e membro do Conselho Estadual de Cultura. É um dos entusiasta da Ocupação Cultural. Defendeu-a em artigos, colocou a sua fundação (FUNCEA) à disposição do projeto e comparece sempre que pode às Ocupações. Nesta edição, excepcionalmente realizada numa quinta-feira, estaremos comemorando juntos seus 74 anos e prestando uma justa homenagem. Sua obra é o tema que sugerimos para as apresentações.


JUNHO:


· 04: Estamos propondo uma reflexão nesta data sobre o dia do Meio Ambiente. Propomos também uma homenagem póstuma ao escritor Luís de Camões, que no dia 10 estará completando 430 anos. Camões é um ícone da cultura portuguesa e a comunidade portuguesa, no mundo todo celebra esta data. Como estamos incluídos nessa cultura, nada mais justa então a homenagem que poderá ser estendida não só ao escritor citado, mas à tudo que se refere à cultura portuguesa.


· 18: Para encerrar o semestre das “ocupações”, propomos a realização de um grande arraial junino, valorizando a cultura nordestina com suas ricas manifestações englobando os festejos juninos, através dos seus compositores, comidas típicas, causos, vestimentas, etc. Dia 20, é também dia do Cinema Brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário